Aff!
Minha questão sobre LDAP ninguem responde!
e agora recebo spam nojento como esse!!
que tipo de lista é essa?!?!?!??!

Em 05/10/07, Marcos Ferreira <marcaobv@gmail.com> escreveu:
Olá Senhores!
Desculpem-me o off-topic, mas não podia deixar de compartilhar isso com vcs!

Saudações a tod*s,

Ando um tanto enojado com os acontecimentos políticos atuais. É sabido que vem de longe essa forma mesquinha e maquiavélica de se fazer política (como nos faz ver Rui Barbosa).
"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto." (Senado Federal, RJ. Obras Completas, Rui Barbosa. v. 41, t. 3, 1914, p. 86)

E o que se prega, em nome da democracia (nessa hora a democracia é lembrada), é que é através do voto, através de boas escolhas, que há a possibilidade de se corrigir, seja na estância federal, estadual ou municipal, a ocupação das cadeiras por pessoas comprometidas com o coletivo e não apenas com seu bolso.

Na verdade, o voto é um direito (um direito obrigatório, o que já me soa como um dever), mas você não tem o direito de votar, de fazer sua escolha ou mesmo de se fazer entender pelas instituições responsáveis por esse processo eletivo, de uma forma mais completa. Explico.

Consta no Código Eleitoral que :

"Art. 224. Se a nulidade atingir a mais de metade dos votos do País nas eleições presidenciais, do Estado nas eleições federais e estaduais, ou do Município nas eleições municipais, julgar-se-ão prejudicadas as demais votações, e o Tribunal marcará dia para nova eleição dentro do prazo de 20 (vinte) a 40 (quarenta) dias"

Ademais, posso estar equivocado, mas a informação que tenho é que nessa próxima eleição, nenhum dos candidatos anteriores podem participar. Ou seja, seriam outros candidatos nessa nova eleição.

Voltando ao raciocínio... você sabe como anular, que não é o mesmo que votar em branco, em uma urna eletrônica ? Não temos o direito de anular o voto, já que tenho direito ao voto ?

O que eu questiono, e vejo, e aqui não há de forma alguma nenhum pensamento anárquico, é que só no dia em que uma eleição fosse anulada, ou seja, acontecesse a leitura de que a maioria do eleitorado não reconhece os candidatos como pessoas idôneas para o cargo é que começaria a mudar a mentalidade dos políticos.

Concordo que a maioria do povo brasileiro não lembra em quem votou nas últimas eleições, mas quem lembra e já tentou cobrar certas atitudes de candidatos eleitos, pode receber respostas como "você não votou em mim e agora quer vir cobrar" ou mesmo receber tentativas de justificativas injustificáveis.

A meu ver, o eleitor tem o poder nas mãos apenas, e tão somente, na hora do voto. Até porque, uma movimentação como a dos "caras pintadas" acontece de forma muito esporádica, e estamos tão, e cada vez mais, anestesiados com tanta nojeira que, mesmo indignados, nos falta a ação para nos mobilizarmos.

Pensemos....

Aproveitando... repasso o que seria cômico... se não fosse trágico.

[]s

JL

---------- Forwarded message ----------


Esse é um manifesto bastante interessante!


"TROQUE UM PARLAMENTAR POR 344 PROFESSORES "

Prezado amigo:

Bom dia !
Sou professor de fisica de ensino médio de um escola pública em uma cidade do interior da Bahia e gostaria de expor a você o meu salário bruto mensal:
Eu fico com vergonha até de dizer, mas meu salário é R$ 650,00. Isso mesmo! E olha que eu ganho mais que outros colegas de profissão que não possuem um curso superior como eu e recebem minguados R$ 440,00.
Será que alguém acha que com um salário assim, a rede de ensino poderá contar
com professores competentes e dispostos a ensinar ?
Não querendo generalizar, pois ainda existem bons professores lecionando, mas atualmente a regra é essa: O professor faz de conta que dá aula, o aluno faz de conta que aprende e a escola aprova o aluno mal preparado.
Incrível, mas é a pura verdade !

Sinceramente, eu leciono porque sou um idealista e atualmente vejo a profissão como um trabalho social. Mas nessa semana, o soco que tomei na boca do estomago do meu idealismo foi duro ! Descobri que um parlamentar brasileiro custa para o país R$ 10,2 milhões por ano. São os parlamentares mais caros do mundo. O minuto trabalhado aqui custa ao contribuinte R$ 11.545. Na Itália, são gastos com parlamentares R$ 3,9 milhões, na França, pouco mais de R$ 2,8 milhões, na Espanha, cada parlamentar custa por ano R$ 850 mil e na vizinha, Argentina, R$ 1,3 milhão.

Trocando em miudos um parlamentar custa ao país por baixo: 688 professores com curso superior !

Diante dos fatos, gostaria muito, amigo, que você divulgasse minha campanha., na qual o lema será:

" TROQUE UM PARLAMENTAR POR 344 PROFESSORES " (*)

(*) Poderia ter colocado no lema para 688 professores, mas coloquei a metade (344), pois assim, sobra uma verba para aumentar o nosso salário, que é uma vergonha...

Atenciosamente
um professor de fisica do interior da Bahia

E daqui, me pergunto por quanto tempo ainda, a OMISSÃO será a escolha do posicionamento nosso!!!

--
Anne Caroline
8º período - Ciência da Computação

-------------------------------------------------------------------------
This SF.net email is sponsored by: Splunk Inc.
Still grepping through log files to find problems?  Stop.
Now Search log events and configuration files using AJAX and a browser.
Download your FREE copy of Splunk now >> http://get.splunk.com/
_______________________________________________
egroupware-portuguese mailing list
egroupware-portuguese@lists.sourceforge.net
https://lists.sourceforge.net/lists/listinfo/egroupware-portuguese